Código de má qualidade

É comum deparar-me com falhas nas boas práticas mais básicas de programação. Tais problemas, embora não correspondam necessariamente a bugs, dificultam a leitura do código, o debug e as alterações. São cometidas por programadores com diversos níveis de experiência. Muitas vezes porque algo foi “feito à pressa”, porque não quiseram arriscar um pequeno refactoring, ou porque não puseram em causa a forma mais correta de o fazer.