A primeira app Android

Desenvolvi, juntamente com o Diogo Mateus, a minha primeira app para Android.  A app serve um propósito simples (o mesmo que já tinha feito para uma extensão do Chrome): o de notificar o utilizador dos seus programas de TV favoritos.

Este projeto serviu para entrar neste mundo e apreender o ciclo de vida do desenvolvimento das suas apps, desde a conceção da arquitetura até à sua publicação na loja, passando pelo desenvolvimento e respetivo debugging e gestão.

Get it on Google Play     GitHub logo

Já existem apps com EPG e até com notificações, mas não o fazem de forma recorrente (isto é, sempre que se haja o programa, seja qual for o episódio, em vez de só uma vez).

Tivemos de fazer uso de diferentes técnicas/API:

  • XmlPullParser: apoia no parsing dos XML advindos do serviço de EPG do MEO; fizemos também uso do sistema de ficheiros disponível, para fazer cache desses XML e “poupar tráfego” ao utilizador;
  • SQLite: para guardar, sob a forma de uma tabela de BD relacional, os programas que o utilizador quer ser notificado;
  • AlarmManager: permite agendar operações, neste caso, agendar as notificações para o início dos programas; permite também agendar a própria rotina de agendamento (2x dia);
  • NotificationManager: exibe a notificação propriamente dita (com o nome do programa)
  • AsyncTask: realiza operações de forma assíncrona, ou seja, de forma não bloqueante; esta é a forma correta de realizar operações que podem demorar, potencialmente, alguns segundos (ex. leitura de ficheiros, download do conteúdo de um URL). Para informar que há uma tarefa a decorrer da qual depende a interface, deve ser usada em conjunção com a ProgressBar;
  • ArrayAdapter: o modelo de backend à grelha de canais, à de programas e aos respetivos autocomplete; tem uma série de métodos úteis a este tipo de modelo.

Como possíveis avanços futuros seria interessante:

  • Melhorar interface;
  • Integrar com as boxes do MEO e NOS para possibilitar mudar de canal quando o programa vai começar;
  • Partilhar no Facebook aquilo que se está a ver.

2 thoughts on “A primeira app Android

Deixar uma resposta